sábado, 11 de junho de 2016

Olimpíadas de Futebol de Praia















VAI SER UM SHOW DE BOLA - A Associação de Futebol de Praia está se mobilizando para promover um torneio chamado "Olimpíadas de Futebol de Praia". A ideia é que o certame aconteça durante a "Rio 2016", com jogos aos sábados e domingos. E talvez até durante a semana. "O futebol de praia é um esporte totalmente identificado com o Rio. Nós não podemos ficar de fora quando a cidade é palco do maior evento esportivo do planeta", disse Marcelo Vargas, diretor da associação.  O evento ainda está sendo elaborado. Em breve serão divulgados mais detalhes. O fato é que a partir de julho a cidade vai estar repleta de turistas. Além disso, a mídia esportiva de todo o mundo vai estar na cidade. E o futebol de praia e seus talentosos atletas não podem ficar de fora dessa farra esportiva.   

quarta-feira, 8 de junho de 2016

Assembleia de dirigentes



FUTEBOL DE PRAIA SEGUE EM FRENTE - Foi realizada nesta terça-feira, dia 7 de junho, a primeira assembleia da AEFPERJ - Associação de Futebol de Praia, depois do último campeonato, que teve como vitoriosos os times do São Clemente, na competição principal, e o time do Balança, na categoria aspirantes. Na reunião estiveram presentes representantes de doze equipes: Força & Saúde, Ronald de Carvalho, Prado Júnior, Embalo, Bairro peixoto. América do Lido, Copacabana, Racing, Copaleme, Dínamo, Colorado e São Clemente. Na reunião foi feita uma avaliação do último campeonato. Houve muitas críticas e auto-críticas. Uma avaliação séria dos erros cometidos, um reconhecimento de injustiças que foram cometidas com algumas equipes. Algumas até estão querendo sair da associação e partir para outra federação. Mas o espírito de todos era de tentar fazer reverter o pensamento dessas equipes dissidentes, e tentar encontrar um equilíbrio para dar continuidade ao grande show que é o futebol de praia. Todos juntos numa só emoção!

Durante a reunião foram debatidas várias ideias novas para o futebol de praia. Thomaz Rocha, representante do Embalo, professor de Educação Física da Bodytech, foi um dos mais atuantes. Falou coisas muito pertinentes sobre a questão da disciplina e sugeriu que houvessem jogos no sábado à tarde e também no domingo pela manhã. A ideia entusiasmou a todos que ficaram de considerar essa possibilidade. Outro que teve uma participação muito atuante foi o goleiro da Ronald Carvalho Vinicius Queiroz, que também atua no futebol profissional, e agora está assumindo a função de treinador/preparador físico de sua equipe. Foi estimulante ver pessoas mais jovens, com uma visão séria do que pode ser o futebol de praia.

De parte da direção, PC Louzada e Marcelo Vargas, ficou a convicção de que todos os jogos do campeonato devem ter o campo cercado, para evitar muita proximidade das torcidas com os jogadores e o juiz. Isso poderia ter evitado alguns incidentes que aconteceram no último campeonato. Portanto, a partir de agora, todos os jogos oficiais devem ser cercados. 

A direção também está tentando realizar um campeonato durante as olimpíadas. Será num campo só, obviamente, provavelmente na altura da Siqueira Campos, já que toda a praia vai estar tomada com estrutura referentes as olimpíadas. A ideia é fazer um campeonato com o nome oficial de Olimpíadas de Futebol de Praia, para atrair a atenção dos inúmeros turistas que estarão na cidade nesse período.

De resto a reunião aconteceu num clima de muita harmonia. Todos torcem para que os times que não puderam se representar estejam presentes na próxima reunião.

O futebol é a alegria do povo.



















sexta-feira, 3 de junho de 2016

Entrevista com Rafael Bueno








CAPITÃO E ARTILHEIRO - Um dos atletas mais queridos do futebol de praia, Rafael Bueno foi destaque no Campeonato Carioca de 2016, ao conquistar a artilharia com 5 gols. Com passes precisos e jogadas objetivas, ele foi fundamental para que o São Clemente fosse o campeão do certame. Nascido e criado em Botafogo, Rafael Bueno é bem humorado, alto astral e tem um carinho especial pela Escola de Samba São Clemente, onde desfila todos os anos. Na foto acima ele está ao lado da lendária Rosa Magalhães, a premiada carnavalesca da escola. Depois da feijoada que o presidente Renatinho ofereceu aos seus atletas para comemorar a vitória, Bueno concedeu entrevista exclusiva ao Craques da Praia.


1 - O que o futebol representa para você? 
O futebol representa uma das maiores paixões na minha vida... Aquela "brincadeira de moleque" que vivo até hoje! Onde me desligo do mundo e de toda essa correria do dia a dia.

2 - Como foi a emoção de ser o artilheiro do Campeonato Carioca de Futebol de Praia de 2016? 
A emoção de ser artilheiro veio de uma forma especial com esse título no ano olímpico... É sempre bom estar em destaque com gols, já que ao meu modo de ver o futebol se resume a isso! Mas tenho que confessar que a maior responsável por esse mérito foi a sorte, rs... Meus atacantes Julinho, João, Isack e Lucas é que são os especialistas no assunto. Posso dizer que eu só estava iluminado... rsrs

3 - Dois times do bairro de Botafogo, São Clemente e Balança, foram campeões do futebol de praia de 2016. O primeiro com o time principal, o segundo com os aspirantes. Com isso a gente pode dizer que Botafogo é um celeiro de craques do futebol? Com certeza! Um grande celeiro de craques... A São Clemente que ao longo de toda sua história, é com certeza uma das equipes mais vitoriosas, não só na praia no futebol de 11, mas como no Beach Soccer, no Society e no Salão, onde formou grandes craques ao longo de toda sua jornada. O Balança, segue a mesma linhagem... Há anos seguidos é, se não a maior, uma das maiores potências na categoria aspirante, formando sempre novos craques para o futebol de praia...

4 - Você tem uma história bacana no futebol de praia. Marcou época jogando pelo Força e Saúde, depois atuou com destaque no Balança. Como foi a experiência de jogar nessas duas equipes? 
Na verdade a primeira equipe que atuei na praia foi o Balança no ano de 2008. Em 2009 joguei pelo Força e Saúde e em 2010 retornei ao Balança jogando até 2011. De lá pra cá defendo a São Clemente. Jogar nessas duas equipes foi uma honra que pude desfrutar. O Força e Saúde é um time de tamanha tradição na praia, onde conquistei muitas amizades que carrego até hoje. o Balança foi de onde vim, onde estão a maioria dos meus amigos de infância. Hoje a São Clemente é a minha casa e o meu time do coração, mas jamais irá se apagar e mudar todo o amor que tenho pelo Bala!

5 - O São Clemente pertence a escola de samba de mesmo nome. Então tem uma estrutura mais organizada que é um diferencial com relação as outras equipes. Como é que isso reflete na qualidade do futebol dos jogadores? 
Com certeza isso nos diferencia, pois representamos a história que foi escrita pelo fundador e criador de tudo Ivo da Rocha Gomes, pois, como todos sabem, a Escola de samba nasceu do time de futebol! Sabemos o tamanho da responsabilidade que temos em cima disso. Mas nos engradecemos também por essa representação! A qualidade flui junto com o amor que carregamos nessa camisa e de todos os Clementianos, que honramos dentro e fora de campo! Nosso presidente Renatinho, nos lidera de tal forma que conseguimos entender e colocar em prática todo o aprendizado, toda importância e todo valor que ele nos responsabiliza!

6 - Quem são os seus ídolos no futebol profissional? 
O futebol profissional de hoje em dia já não me vem enchendo os olhos, principalmente o nosso! Ídolos que vi jogar como Zidane, Ronaldo, Ronaldinho Gaúcho, Rivaldo, Edmundo, Riquelme... Os de hoje, Messi, Neymar, Ibrahimovic e Cristiano Ronaldo... Mas com certeza, dos que vi jogar, o maior de todos é o mais "baixinho" rs, Romário!

7 - E no futebol de praia? Quem são os jogadores que você mais admira? 
O futebol de praia é uma modalidade que exige muito vigor físico e raciocínio rápido de quem o pratica, por conta do desnível da areia. E os que tornam isso fácil, são os que eu admiro. Como exemplo vou citar nomes em suas tais posições, em uma espécie de "seleção" na minha opinião é claro... 
Gol: William Negão, Fael e Márcio Lucas. 
Lateral: Felipinho, André Portela, Guerreiro, Mailde, Bruce e Diego Westin. 
Zagueiro: China, Wilson, Catarino, Alan e Duda. 
Meio Campo: Italo, Lucão, Mauricinho, Jordan, Zanol, Glaucio e Rodolfo. 
Atacantes: Leandrinho, Bokinha, Lukas Gêmeos, Dário, Rodrigo, Igor e Julinho. 
Já Magal, Nenem, Juninho Cinco, Caô, Benjamin, Carlinhos, Dheroso e Chinês seriam como "a cereja do bolo..."

8 - Como você observa o futebol de praia atualmente em termos de organização, produção e realização? O que você acha que funciona e o que acha que deve melhorar? 
Vejo o futebol de praia atualmente muito desorganizado por conta de quem o administra. A produção e a realização acredito que aconteça por maior parte com a ação dos apaixonados por seus devidos times. Acredito que uma mudança na cultura das brigas por parte das torcidas em questão da rivalidade entre localização de onde moramos e times que defendemos, ajudaria também no crescimento e em possíveis investimentos e patrocínios para melhorar toda a estrutura do Futebol Carioca de Praia.

9 - E a sua vida pessoal como anda? O trabalho, a família e tudo mais? Você está feliz? 
Minha vida pessoal, como a da maioria dos brasileiros não está fácil, dentro de tantas crises e tragédias que nosso país enfrenta! O trabalho e a família graças a Deus estão bem! Curto a cada dia o crescimento do amor da minha vida, minha filhona Manuela que fez nesse mês de maio 5 anos e vivo lado a lado com uma pessoa maravilhosa que é minha mulher Izabella. Com saúde, cercado de amigos e amores, estou e sou muito feliz com a vida que Deus me proporcionou.

10 - Que mensagem você gostaria de mandar para a galera do futebol de praia? 
Gostaria de dizer a todos que vivem esse nosso mundo do Futebol de Praia, que respeito e admiro a todos sem exceção! Que sou grato a cada amigo que tive o prazer de jogar do lado a favor e do lado contra, por dividirem essa paixão que de certa forma nos une! Pedir perdão aos que talvez dentro de campo posso ter me exaltado ou me excedido de alguma forma que não vos agradou, porque com certeza foi no calor do jogo. Sou um cara que só quer somar amizades por onde passo. Deixar um abraço no coração de cada um e dizer como talvez uma "idéia de amigo" e não como um "conselho" que nesse mundo, não há nada o bom suficiente que não possa melhorar! O melhor só depende de cada um de nós... Fiquem com Deus galera!










domingo, 29 de maio de 2016

São Clemente comemora vitória no campeonato











































FUTEBOL, SAMBA E FEIJOADA - A Escola de Samba São Clemente promoveu feijoada para comemorar a vitória do seu time  no Campeonato Carioca de Futebol de Praia. O almoço foi restrito aos atletas, familiares e diretoria da agremiação. Foi um evento de muita alegria e descontração. Feijoada temperada no capricho. O melhor do samba e do pagode, a cargo dos integrantes da bateria da escola. E muito orgulho e felicidade por parte dos atletas. Todos muito felizes com a vitória no campeonato. O troféu de campeão ficou em destaque em cima do palco, ao lado do troféu do vice-campeonato do time de aspirantes. Todos os atletas fizeram questão de fotografar ao lado do troféu. A festa também teve um divertidíssimo concurso de dançarinos de funk.

O presidente da São Clemente Renato de Almeida Gomes, filho do fundador da escola, Ivo da Rocha Gomes, pediu a palavra e contou que sempre foi um sonho de seu pai que a São Clemente tivesse um time de futebol. E esse sonho se concretizou através da equipe de futebol de praia. Aproveitou e contou novidades. O time campeão vai ganhar um grande painel na quadra da escola. Além disso, a São Clemente vai ganhar um time de beach-soccer, que terá o veterano atleta Juninho Cinco como coordenador e treinador. "Quero o time de beach-soccer da São Clemente  participando de torneios por todo o Brasil. A ordem aqui na escola é investimento total no futebol". Que tal?

Na quinta-feira a Escola de Samba divulga o tema do enredo para o carnaval de 2017. O enredo vem sendo tratado como um segredo de estado, até o dia da divulgação oficial. Mas os tamborins e as cuícas comentam que o enredo tem a ver com a França. Algo do tipo "como seria o Brasil se tivesse sido colonizado pelos francesas". 

domingo, 22 de maio de 2016

São Clemente Campeão!






























SÃO CLEMENTE  3 X 0 COPALEME - Viva o samba e o futebol! O São Clemente, time de futebol de praia da Escola de Samba do mesmo nome foi o grande vencedor do Campeonato Carioca de Futebol de Praia 2016, torneio que foi apelidado de Olimpíadas de Futebol de Praia. O adversário foi o Copaleme, que jogou com uma excelente equipe. Foi um jogo de futebol aguerrido e bem disputado. O Copaleme entrou em campo com entusiasmo  e fome de bola, mas se deixou intimidar quando o São Clemente fez o primeiro gol, logo no início do jogo. Além disso, o São Clemente havia perdido para o Balança na disputa de aspirantes, e entrou em campo decidido a dar a volta por cima e levar a taça para casa. Foi o que acabou acontecendo. No geral foi um jogo empolgante que divertiu o público que lotou o campo em frente a rua Duvivier. O Copaleme não se deixou abater e comemorou o vice-campeonato com muita alegria. Enquanto isso jogadores e torcedores da São Clemente fizeram uma festa na rua Assunção em Botafogo, para comemorar a merecida vitória.

   

As imagens da festa








































FUTEBOL É A ALEGRIA DO POVO - O campo cercado de grades foi destaque absoluto na final do campeonato. Dessa forma a torcida ficou no seu devido lugar. Música, bebida e turistas nos quiosques. De um lado a bateria da São Clemente alegrando a festa. Do outro lado a bateria da torcida do Copaleme botando pra quebrar. Futebol e carnaval sempre juntos. O fato é que Copacabana viveu um sábado de festa ealegria graçaso ao futebol de praia.